Guia completo sobre vendas online

11 minutos para ler

A popularização da internet aumentou significativamente o comércio online. Muitas lojas online foram criadas como uma extensão virtual de estabelecimentos físicos, enquanto outras estrearam e permanecem operando totalmente no ambiente online.

Nesse sentido, a tecnologia vem tornando as vendas no e-commerce mais dinâmicas e ágeis ao proporcionar mais praticidade aos consumidores e vendedores para negociações mais seguras.

No entanto, o e-commerce deve implementar estratégias para obter bons resultados e permanecer ativo. Afinal, apesar de ser a forma de comércio preferida por muitos, se trata de um mercado competitivo e que enfrenta obstáculos.

Quer aumentar as vendas do seu e-commerce? Que tal conhecer melhor as principais práticas do mercado? Neste material, você vai encontrar as principais informações sobre o processo de vendas, com foco no varejo. Acompanhe a leitura!

Por que integrar as equipes de vendas e marketing?

Uma equipe preparada, organizada e treinada faz toda a diferença para o sucesso da loja. Afinal, os funcionários saberão como agir da melhor maneira e no momento certo a fim de fornecer o melhor serviço para o consumidor.

No mesmo sentido, a integração da equipe de vendas e marketing é um elemento que vai influenciar no aumento das vendas do e-commerce. Isso porque os profissionais precisam conversar, discutir ideias e interagir entre si, a fim de planejar e elaborar o conteúdo, o design, o anúncio e outras questões envolvidas na compra e venda, no marketing e na tecnologia de informação.

A integração das equipes é importante para proporcionar a satisfação do público, atrair e fidelizar o cliente, tanto no meio físico quando online. Afinal, as partes administrativas e logísticas costumam ser semelhantes, ou seja, incluem o atendimento de clientes, o gerenciamento de pedidos, a análise e aprovação do pagamento, a elaboração de relatórios de faturamento etc.

Como a jornada de compras pode ajudar meu e-commerce a vender mais?

A jornada de compra online consiste no caminho que um potencial cliente percorre antes de realizar uma compra. Trata-se de um modelo muito utilizado para definir o estágio em que o cliente em potencial se encontra durante o percurso até chegar finalmente à conclusão da compra.

Ela é composta por 4 etapas: aprendizado e descoberta, conhecimento da existência de um problema”, consideração da solução e a decisão de compra. É importante conhecer sobre as particularidades de cada etapa para aumentar as vendas.

A jornada de compras é uma metodologia que se relaciona diretamente com o inbound marketing. Saber em qual fase da jornada o potencial consumidor está, facilitar o momento de colocar em prática as estratégias de marketing em conteúdo.

Ele é considerado um modelo completo e menos invasivo que tem a capacidade de conhecer quais são leads que têm potencial interesse em prosseguir com a compra e então, incentivá-los a avançar no caminho.

Como aumentar as vendas online?

Entender como funciona a jornada do consumidor online vai fazer toda a diferença para melhorar os resultados do seu negócio. Conheça, a seguir, algumas dicas para otimizar as vendas online.

Conheça o seu público

Saiba qual é o perfil do seu público-alvo. Quando a empresa tem uma boa noção sobre as necessidades, anseios e preferências da sua persona, fica mais fácil saber quais fatores contribuem para atrair os leads, fazer conversões e potencializar as vendas.

Nesse sentido, uma estratégia recomendada é investir em ferramentas automatizadas que tenham a capacidade de entender como funciona o comportamento do público e o movimento do usuário online.

A partir daí, é possível entender os fatores que mais chamaram a atenção do lead, o que o distrai, as razões que podem o levar à desistência da compra e conhecer a taxa de abandono de carrinho, por exemplo. Com essas informações obtidas, fica fácil planejar estratégias para reduzir e combater esse problema.

Seja omnichannel

A tecnologia omnichannel proporciona uma experiência de venda muito positiva e memorável para o consumidor. Essa ferramenta integra vários canais e possibilita um atendimento mais rápido e eficiente para os consumidores. Assim, é possível oferecer suporte aos usuários por vários meios, como o chat do site, e-mail, redes sociais, telefone, whatsapp, mensagens etc.

E o melhor de tudo é que o atendimento entre vários canais funciona de maneira integrada. Assim, o suporte que foi iniciado pelo chatbot do site pode continuar pelo telefone ou por e-mail de onde parou sem que as informações anteriores se percam, tudo isso graças ao sistema integrado.

É muito comum que os consumidores busquem informações online sobre um produto ou serviço por meio do acesso ao site da loja e consulta ao perfil nas redes sociais. Somente após, eles comparecem até a loja física para fazer a compra. Nesse sentido, a empresa deve oferecer todas as condições necessárias para garantir um suporte eficiente, independentemente do canal que é utilizado.

Mensure os resultados

A mensuração de resultados é uma ação estratégica que auxilia a identificar o desempenho das campanhas que foram colocadas em prática pela empresa em diversas áreas e conforme cada objetivo anteriormente especificado. Quando falamos do setor de Marketing e Vendas, a mensuração dos resultados tem o potencial de saber quais ações fornecem resultados mais benéficos para as empresas.

Veja a seguir as 4 métricas mais importantes que são adotadas para realizar a mensuração de desempenho e resultados.

ROI

O ROI (Retorno sobre o Investimento) é um dos indicadores de desempenho mais famosos e populares do Marketing Digital. Ele serve para calcular os valores que a empresa desembolsa para criar campanhas publicitárias e os resultados que foram alcançados.

CAC

O CAC (Custo de Aquisição de Clientes) se refere ao resultado obtido pela soma de investimentos da empresa que foi direcionada para as ações de Marketing e Vendas, dividida pela quantidade de clientes que foram atraídos e conquistados em um determinado tempo.

Taxa de conversão

Essa métrica mensura os resultados específicos, como a taxa de conversão de leads. Para fazer o cálculo, você deve dividir o número de conversões pela quantidade de audiência obtida. Assim, se a empresa obteve 500 leads e teve 1000 visitantes, então a taxa de conversão foi de 50%.

Taxa de rejeição

A taxa de rejeição (Bounce Rate) é o termo de marketing que analisa o movimento do tráfego na web. Esse índice mede a porcentagem de visitantes que entram em uma página online e saem, sem interagir com o material que foi publicado ou realizar a chamada para a ação (CTA). Eles são considerados somente como visualizadores da página. Nesse sentido, quanto maior for a taxa de rejeição, menor será o nível de engajamento dos visitantes.

Preste atenção no carrinho de compras

Quem nunca olhou o catálogo de produtos de um e-commerce, escolheu os itens desejados e depois desistiu da compra? Esse hábito dos consumidores é comum e costuma acontecer com frequência nas lojas.

Por outro lado, é um ponto negativo para o estabelecimento online, uma vez que significa a perda de uma venda. Mas nem tudo está perdido. É possível implementar medidas específicas com o objetivo de contornar essa situação e reduzir o número de vendas perdidas.

A taxa de abandono do carrinho deve ser continuamente monitorada. Afinal, esse comportamento é considerado como uma desistência do consumidor — e uma perda para a empresa. Nesse sentido, é essencial entender os motivos que levaram o consumidor a ter essa atitude e a partir de então, criar um planejamento no intuito de reduzir o índice de desistência.

Geralmente, os motivos que fazem com que o potencial lead abandone o carrinho de compras online são:

  • fases longas e complexas de checkout;
  • preenchimento de cadastro com muitas informações;
  • cadastro de produtos com características confusas;
  • existência de despesas adicionais que não foram mencionadas antes, como impostos e frete excessivo;
  • ausência de um site responsivo para celulares.

Depois de entender os prováveis motivos que levaram ao abandono do carrinho, fica mais fácil criar planos para reduzir esse índice e obter mais vendas, como:

  • etapas intuitivas para o processo de checkout;
  • reconhecimento automático para a recompra;
  • sistema responsivo;
  • possibilidade de login integrado com contas de e-mail ou dados das redes sociais, dispensando a necessidade de cadastro;
  • exibição completa das características e imagens do produto que está sendo anunciado na vitrine virtual.

Envie e-mails de abandono do carrinho de compras

Existem algumas ferramentas automatizadas no mercado que têm a capacidade de identificar o comportamento do usuário de abandonar um carrinho de compras. A partir dessa conduta do consumidor, o sistema envia uma mensagem automática para o e-mail cadastrado na conta do usuário. É importante deixar claro que o indivíduo precisa estar cadastrado no site.

O e-mail é uma forma de tentar conquistar o potencial consumidor para que ele volte e continue a negociação que ficou pendente, além de ser uma oportunidade para aproveitar e perguntar se alguma coisa deu errado durante a jornada de compra e entender o que fez com que ele desistisse da compra. Essas informações são valiosas e úteis para que a equipe de vendas possa identificar as falhas e realizar melhorias necessárias.

Considere os dispositivos móveis

O celular já se tornou um aparelho indispensável para a maioria dos brasileiros. Ele é utilizado para várias finalidades, como acessar e navegar nas redes sociais, pagar contas, conversar com amigos e também para pesquisar produtos e serviços em e-commerces. Muitas vendas já são concluídas por meio desse dispositivo móvel, o que significa que a jornada de compras também pode acontecer pelos celulares.

Que tal aproveitar essa nova tendência de negócios e utilizá-la a seu favor? Crie um site responsivo com a capacidade de adaptabilidade conforme o tamanho da tela do aparelho dos consumidores. Assim, independentemente da dimensão do display, será possível navegar pelas páginas online e visualizar os anúncios e as características dos produtos e serviços disponíveis nos sites, sem perder nenhuma informação.

Faça anúncios

A melhor maneira de aumentar as vendas é fazendo a empresa ganhar visibilidade. Afinal, quem não é visto não é lembrado. Portanto, foque em ações de publicidade e marque presença online, por meio da criação de perfis em redes sociais e investimento em anúncios patrocinados (pagos).

Além disso, você também pode fazer testes com investimentos pequenos e ir analisando os resultados obtidos, como um maior número de cliques nos links de produtos, mais visitas no seu site e conclusão da CTA (Call to Action), por exemplo.

Utilize as técnicas de SEO (Search Engine Optimization)

A estratégia de SEO ou Otimização para Mecanismos de Buscas é bastante útil para os e-commerces que desejam se destacar no mercado online e atrair mais clientes. Essa técnica consiste na otimização do site com o intuito de direcionar os motores de busca para dar destaque à página virtual.

Nesse sentido, ter um e-commerce bem posicionado nos buscadores online faz toda a diferença para ganhar visibilidade. Afinal, os sites de buscas são atualmente a maior fonte de procura de informações pelos usuários que utilizam a internet. Você já deve ter procurado uma palavra-chave no Google e foi direcionado para vários sites na página principal. Eles foram exibidas na primeira página graças às técnicas de SEO.

Use o marketing de conteúdo e redes sociais a seu favor

O inbound marketing ou marketing de conteúdo é uma estratégia muito utilizada para as empresas conquistarem mais espaço no segmento que atuam. Portanto, conheça a sua persona e crie materiais úteis, relevantes e interessantes para o seu público-alvo. Com o tempo, a sua marca vai ganhando mais respeito e credibilidade e pode passar a ser vista como uma referência de conteúdo.

É essencial conhecer o comportamento do consumidor como uma forma de facilitar o processo de vendas. Afinal, depois de saber o perfil da sua persona, você terá mais condições de fazer um bom atendimento e entregar um serviço ou produto que se encaixa melhor nas necessidades e preferências do seu público-alvo. Portanto, estude bastante sobre o assunto e foque na experiência do usuário e em manter um bom relacionamento com o seu cliente.

A sua loja virtual está preparada para lidar com a demanda e oferecer um bom atendimento os consumidores? Quais são os maiores desafios que você vem enfrentando? Deixe um comentário abaixo contando a sua experiência!

Cases de sucesso Simplus
Posts relacionados

Deixe um comentário