Por que investir na transformação digital em farmácias?

6 minutos para ler

A introdução de ferramentas tecnológicas dentro das empresas é uma realidade cada vez mais presente nos negócios. Afinal, é importante que os estabelecimentos se adaptem às novidades automatizadas que estão surgindo de modo que consigam atender às exigências dos consumidores e se manterem ativos no mercado.

Nesse cenário promissor, a tendência da transformação digital em farmácias vem ganhando destaque nesse setor, como uma ótima estratégia para aumentar a produtividade, reduzir os erros e entregar serviços com mais eficiência e agilidade.

Você já investe em equipamentos e sistemas automatizados para melhorar os resultados do seu empreendimento? Neste post, você vai saber todos os detalhes sobre a transformação digital nas farmácias e os seus benefícios para o negócio. Boa leitura!

O que é a transformação digital?

A transformação digital consiste na introdução de tecnologias variadas com o intuito de melhorar o desempenho e aumentar os lucros dos negócios, sejam eles de pequeno, médio ou grande porte. Esse processo vai além do investimento em softwares automatizados e ferramentas modernas, ele também abrange mudanças culturais e disruptivas dentro da corporação.

Como a transformação digital vem sendo implementada nas farmácias?

Quando se trata de transformação digital nas farmácias, percebemos o sucesso desse fenômeno, principalmente o fortalecimento de e-commerces, em virtude do aumento das compras online, impulsionadas pelo isolamento social provocado pela pandemia do Covid-19. O Ministério da Saúde, ao flexibilizar as regras referentes à venda de medicamentos controlados, impulsionou muito mais as vendas online.

Além disso, muitas farmácias já utilizam a modalidade delivery, ou seja, a entrega dos medicamentos é feita diretamente na casa do cliente, geralmente no mesmo dia ou no dia seguinte após o pedido. Para isso, os estabelecimentos disponibilizam canais de contato, como o WhatsApp, trazendo mais praticidade e conforto para os clientes.

A Lei nº 13.021/2014 trouxe algumas mudanças nas atividades desempenhadas pelas farmácias. Os profissionais que atuam nesse ramo têm a autorização para ajudar na prevenção de doenças e apoiar aos tratamentos médicos, podendo tirar dúvidas e auxiliar os pacientes.

Quais são os benefícios da transformação digital em farmácias?

Confira, a seguir, as maiores vantagens de introduzir ferramentas automatizadas para os estabelecimentos farmacêuticos.

Otimização de processos

Os softwares de gestão garantem que os processos que ocorrem dentro das farmácias são desempenhados com mais agilidade, eficiência e organização. Nesse sentido, se torna possível concluir operações com uma qualidade acima da anterior e em menos tempo. Além disso, os riscos de ocorrência de erros são poucos, quase inexistentes.

Economia

Apesar de a transformação digital englobar a compra de máquinas e sistemas modernos que podem custar caro aos cofres da empresa, é necessário enxergar o outro lado da questão, que é o custo-benefício desse investimento. De modo geral, a aquisição de mecanismos automatizados proporciona economia para a farmácia.

Afinal, equipamentos automatizados novos exigem menos despesas com manutenção (preventiva, preventiva e corretiva) de hardware e software, em comparação com sistemas antigos e muitas vezes, desatualizados e fora de linha.

Além disso, a otimização das operações é sinônimo de redução de despesas, uma vez que a produtividade da equipe aumenta e os riscos de falhas são menores, reduzindo a necessidade de retrabalho.

Múltiplas opções

Além das lojas físicas, existem muitas possibilidades digitais que representam a transformação digital nas farmácias. Essas opções podem ser escolhidas conforme o perfil do público-alvo e às necessidades do negócio, como:

  • vendas online por meio de e-commerces;
  • marketplaces;
  • aplicativos que oferecem delivery;
  • mídias sociais, como Facebook e Instagram;
  • central de atendimento por telefone.

Como implementar a transformação nas farmácias?

Conheça um passo a passo de como fazer a transformação digital no seu estabelecimento farmacêutico.

Organize as operações

Softwares modernos têm funcionalidades específicas que auxiliam na gestão da farmácia, como o controle do fluxo de caixa, a análise do perfil dos clientes, o gerenciamento das operações logísticas e de transporte, entre outras atividades.

Esse sistema simplifica a rotina de trabalho e torna as tarefas mais organizadas. Tudo isso com a ajuda da Inteligência Artificial, Machine Learning, Big Data e outras tecnologias.

Realize a integração de canais

Anunciar um produto ao público que não está mais disponível no estoque é uma situação embaraçosa e que causa prejuízos para a imagem da marca, tornando negativa a experiência do consumidor, não é mesmo?

Aí entra a importância da integração de departamentos e canais permite uma comunicação mais transparente e eficaz, o que evita falhas no entendimento e confusão. Alguns exemplos nesse sentido são:

  • ERP (Enterprise Resource Planning): um sistema de gestão integrado que ajuda a manter o controle atualizado das mercadorias armazenadas em estoque;
  • CRM (Customer Relationship Management): fornece um atendimento diferenciado e contribui para a melhor experiência de compra do cliente.

Automatize os processos

As ferramentas automatizadas são escaláveis e podem se adaptar às necessidades e carências de cada negócio. Nesse sentido, elas resultam em processos mais ágeis, intuitivos e precisos, como a etiquetação de medicamentos, o registro dos lotes no sistema, a entrada e saída de mercadorias, entre muitas outras operações.

Isso sem mencionar que as atualizações de software para novas versões costuma acontecer de maneira automática.

Muitas vezes, o trabalho humano repetitivo foi substituído pelas máquinas, fato que reduz as margens de falhas e agiliza a conclusão do procedimento. Com isso, os funcionários têm mais tempo livro para se dedicarem a outras tarefas estratégicas, como a qualidade da entrega dos produtos e o atendimento mais ágil ao consumidor.

Contrate uma equipe capacitada

A equipe de TI que será responsável pela instalação de computadores e máquinas inteligentes deve ter uma boa capacitação, ou seja, dominar conhecimentos sólidos sobre a transformação digital.

Como deu para perceber, a transformação digital em farmácias é uma tendência cada vez mais latente e real dentro desse setor. Além disso, se trata de uma verdadeira necessidade para que o negócio continue ativo no mercado e não perca vantagem competitiva. Portanto, comece desde já a estudar esse fenômeno e implementar as estratégias necessárias dentro da empresa.

Entendeu a importância da transformação digital para o mercado farmacêutico? Que tal acompanhar as nossas publicações? Siga a Simplus nas redes sociais e venha interagir com a gente!

Cases de sucesso Simplus
Posts relacionados

Deixe um comentário