Qual é o panorama do mercado de produtos de higiene pessoal e de beleza no Brasil?

6 minutos para ler

O mercado de produtos de higiene pessoal e de beleza movimenta um grande volume de dinheiro e está sempre com novidades, cativando seu público e sobrevivendo até mesmo durante períodos de crise.

Para que você entenda melhor como funciona esse mercado e quais são as próximas tendências, é essencial acompanhar os números sobre o setor, conhecendo quais produtos estão vendendo mais, as novidades e as preferências do público. Com essas informações, é possível tomar decisões estratégicas que trarão um impacto positivo ao seu negócio. Quer entender melhor o assunto? Acompanhe o post!

Qual o panorama atual para o mercado de produtos de higiene pessoal e de beleza no Brasil?

O mercado de higiene e beleza é um dos que se mantém fortes, mesmo durante as crises econômicas recentes enfrentadas pelo país.

De acordo com o último estudo publicado pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal (Abihpec), esse setor registrou em 2019 um crescimento nominal de 5% no faturamento em comparação ao mesmo período de 2018, com uma expansão de vendas de 0,69%.

O panorama mostra, ainda, que o Brasil é o quarto país no ranking de consumo de produtos de higiene e beleza, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, da China e do Japão. Os itens de maior consumo são perfumes, desodorante, protetor solar, produtos masculinos, produtos infantis, produtos para banho, cabelo e maquiagem.

Segundo essa mesma pesquisa, em relação ao mercado mundial, a América Latina ocupa uma faixa de 12,7% do mercado consumidor de higiene e beleza. O Brasil ocupa uma fatia de 48,6% do setor, um número bastante considerável e que mostra a possibilidade de faturamento e lucros para as empresas do nicho.

Geração de empregos

O setor também registra um aumento na empregabilidade, mesmo diante de um cenário negativo registrado pelos outros mercados.

Os dados da Abihpec mostram que a geração de empregos diretos na indústria cresceu 4,3% entre 2017 e 2018. As oportunidades de trabalho no mercado não tiveram um crescimento tão alto, registrando um aumento de apenas 1% para o mesmo período, após um declínio entre 2016 e 2017. Porém, de 2009 a 2016 houve um crescimento de 13,9%

Mercado exterior

Embora haja um grande movimento de importação no setor, com produtos advindos em sua maioria da França, temos alguns destinos de forte exportação de marcas nacionais.

De acordo com o levantamento da Abihpec, a Argentina é o país que mais recebe produtos brasileiros, alcançando a marca de 172,3 milhões de dólares, seguida em números bem menores por Colômbia (US$ 68,3 milhões), México (US$ 64,8 milhões), Chile (US$ 59,5 milhões) e Paraguai (US$ 52,5 milhões).

Impacto socioeconômico do setor

Os números gerados pelo mercado de produtos de higiene pessoal e de beleza são ainda mais impressionantes quando analisamos o impacto que o investimento no setor gera em comparação a outros, como agropecuária e indústria no geral. O relatório da Abihpec aponta que alocar 1 milhão de reais em beleza e higiene gera 3,85 milhões de reais em produção, 38 empregos e 450 mil reais pagos em salários.

Ainda de acordo com essa pesquisa, o mesmo investimento na agropecuária traz como retorno 2,86 milhões de reais em produção e 340 mil reais em salários pagos, enquanto na indústria em geral são 3,72 milhões de reais em produção, 37 empregos e 421 mil reais em salários.

Impulso das empresas brasileiras

Todo esse crescimento tem fortalecido as marcas 100% nacionais do setor. Números divulgados pelo Euromonitor International mostram a liderança da empresa Natura, seguida pelo Grupo Boticário. A fusão recente entre Natura e Avon, outra marca de forte tradição no mercado brasileiro, mostra a força da indústria nacional dentro do setor de higiene e beleza.

De acordo com a Abrafarma (Associação Brasileira das Redes de Farmácias e Drogarias), o bom desempenho do mercado de produtos de higiene pessoal e de beleza ajuda até mesmo a superar um período conturbado no setor farmacêutico, atuando na área de não medicamentos e proporcionando um crescimento do faturamento de pequenas e grandes drogarias em todo o país.

Como se atualizar sobre esse nicho?

Acompanhe publicações especializadas

Na internet você encontra diversas publicações que tratam tanto do ramo de negócios em geral, como do setor de higiene e beleza especificamente. Nessas referências, é possível acompanhar os números relacionados ao nicho e até mesmo identificar novas tendências e obter insights para novas estratégias. Para isso, recomendamos publicações sobre marketing, varejo e economia.

Monitore redes sociais

As redes sociais relacionadas a esse mercado e aos concorrentes podem trazer informações interessantes sobre o crescimento do setor, novas fusões, lançamentos de produtos e abordagens diferenciadas de marketing.

Acompanhar as informações nesses veículos ajuda o empresário a se manter bem atualizado, afinal, nas redes sempre são publicados os dados mais recentes.

Acompanhe o blog da Simplus

Aqui na Simplus estamos sempre atentos às novidades relacionadas aos e-commerces, o que também engloba o mercado de produtos de higiene pessoal e de beleza. Ao acompanhar as publicações, você ficará mais antenado sobre tendências, novas ferramentas e até estratégias para aumentar as suas vendas.

Por isso, vale a pena acompanhar as nossas postagens e aplicar o que for possível no seu negócio!

Por que acompanhar esses números e tendências é tão importante?

Para profissionais que lidam com indústria, varejo, cadastro de produtos, logística, entre outras atividades relacionadas à produção, disponibilização e distribuição de mercadorias, acompanhar as atividades do setor é essencial. A partir dessas informações, é possível identificar as demandas do mercado, ou seja, entender as preferências do consumidor e, assim, direcionar as ofertas nesses segmentos.

Além disso, é possível estruturar abordagens de divulgação e até de cadastro de produtos obedecendo a essas demandas, aumentando a capacidade de venda e consequentemente, de faturamento.

Como apresentamos neste conteúdo, o mercado de produtos de higiene pessoal e de beleza no Brasil é bastante promissor e tende a crescer ainda mais. A higiene pessoal é uma necessidade básica e os produtos de beleza, embora não estejam nessa categoria, também possuem um espaço garantido na rotina dos brasileiros.

Quer saber como podemos ajudar a organizar e dinamizar as vendas do setor? Aqui na Simplus fazemos o cadastro dos produtos com todas as informações necessárias, por meio de uma plataforma adequada. Entre em contato conosco e conheça os nossos serviços!

Cases de sucesso SimplusPowered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário