Confira agora 6 poderosas ações de marketing de varejo

6 minutos para ler

Com o passar dos anos, o varejo evoluiu muito, a concorrência ficou rígida e, portanto, o marketing se tornou mais essencial na venda direta de mercadorias. Hoje, investir em marketing de varejo é uma necessidade.

Afinal, independentemente do nicho de mercado, é preciso lutar para garantir o seu lugar ao sol, não é mesmo? Isso significa encontrar maneiras novas e mais elaboradas de envolver os clientes.

Para você entender que o varejo organizado não é apenas a venda de produtos, mas abrange atividades de marketing, leia este artigo até o final. Vamos conceituar o marketing de varejo e dar dicas práticas de como executá-lo.

Entenda o conceito de marketing de varejo

O marketing de varejo é a aplicação de ações de marketing na distribuição de mercadorias aos clientes. Inclui um conjunto de atividades cujo objetivo é promover os produtos aos clientes, a fim de gerar conscientização, interesse e vendas.

Em outras palavras, tudo, desde o interior e o exterior da loja até os anúncios, a colocação de produtos, ofertas e promoções e o comportamento dos agentes de vendas está incluído no marketing de varejo.

Conheça 6 ações de marketing no varejo poderosas

Aqui está uma lista de práticas eficazes para você implementar no seu negócio.

1. Produza conteúdo relevante na internet

Nos cenários saturados de varejo e mídia atuais, é essencial se destacar da multidão. Uma das melhores maneiras de fazer isso é implementar uma estratégia robusta de marketing de conteúdo.

Ao contrário do marketing tradicional, que é mais invasivo, o marketing de conteúdo se concentra em estabelecer um relacionamento com os clientes — e depois transformar a relação em aumento de receita sem pedir diretamente que as pessoas comprem.

É um recurso adaptado às necessidades e aos interesses do público-alvo. Portanto, o conteúdo aqui certamente inclui tudo o que você pode oferecer ao mercado por meio de artigos, posts em redes sociais, vídeos, podcasts, e-books etc.

2. Faça pesquisa para conhecer o perfil de público

O aspecto mais importante de qualquer estratégia de marketing são os clientes. É fundamental saber quem são, em que tipos de conteúdo estão interessados, que redes sociais utilizam, bem como idade, renda, escolaridade etc.

Todas essas informações fornecem uma base sólida para as campanhas de marketing. Afinal, é preciso conhecer para agradar. Faça pesquisas e organize um banco de dados para garantir o gerenciamento da sua lista de contatos.

3. Crie programas de incentivo

Que se trate de acumular pontos, passar um cartão ou apenas gastar certa quantia de dinheiro com os seus produtos, o programa de incentivo à lealdade é um acordo inicial com o cliente: “compre de nós e daremos algo extra em troca”. Podem incluir vouchers e códigos de desconto, produtos exclusivos e preços apenas para associados, entrega gratuita ou até brinde.

Depois que ele compra a ideia, você se compromete para fazer as transações mais simples possíveis — especialmente quando se trata de coletar e resgatar recompensas. Dessa forma, comprar na sua loja se torna um hábito difícil de quebrar, pois além do bônus tem a confiança.

Garanta que seja uma conquista progressiva, criando níveis no programa. Quanto mais fiel o cliente é, mais recebe. Essa é uma forma de gamificação que o incentiva a chegar ao próximo nível e desbloquear mais benefícios.

4. Seja inovador

É possível oferecer uma experiência satisfatória orientada a descobertas utilizando ferramentas e tecnologias. Por exemplo, a tecnologia de reconhecimento facial e as sobreposições de Realidade Aumentada permitem que os consumidores usem provadores virtuais para “experimentar antes de comprar” produtos como roupas ou cosméticos.

Essas técnicas versáteis também podem ser usadas para criar uma ponte entre a experiência online e a loja física. As indústrias de cosméticos estão adotando um sistema no qual o cliente faz o upload de uma selfie para provar novas cores de batom ou sombra. Quem gosta do resultado, compra diretamente pelo aplicativo.

5. Aproveite o potencial do Omnishoppers

A ascensão “omni” vem crescendo discretamente no mercado de varejo nos últimos anos, mas, agora está no centro do palco. Os compradores inteligentes se transformaram em omnishoppers, mas o que exatamente o termo significa?

“Omnishoppers” são definidos como os consumidores que usam a tecnologia para uma ampla gama de experiências de compras (online por meio de um desktop ou de um smartphone, por telefone ou em uma loja física). Esses compradores estão mais exigentes, sociais, conectados e orientados para a conveniência do que nunca.

Quando uma loja implementa uma abordagem omnichannel, o representante de atendimento ao cliente poderá fazer referência imediata às compras e preferências anteriores do cliente tão facilmente quanto o atendente no telefone ou o representante de webchat do serviço ao cliente.

O cliente também é capaz de usar um computador para escolher o produto no catálogo, comprar pelo tablet e pegar o produto na loja.

A melhor maneira de chegar ao omnishopper: invista no varejo omnichannel. O varejo omnichannel reconhece que o celular e o social alternem rapidamente entre os canais (web, celular, telefone etc.) de forma simultânea.

6. Aposte no marketing de influenciadores

Como o próprio nome indica, o marketing de influenciadores envolve negócios em parceria com pessoas influentes para reforçar o marketing. Um influenciador é alguém com o poder de afetar as decisões de compra de outras pessoas. Isso porque ele tem autoridade, conhecimento, posição e um relacionamento especial com o público.

Embora o marketing de influenciadores tenha surgido do marketing de celebridades, é muito diferente. Esses profissionais passam um tempo considerável construindo o nome e cultivando pessoas. Têm um número significativo de seguidores em um nicho ou tópico e se envolvem ativamente com eles. Se os influenciadores entenderem como o seu produto pode beneficiar os fãs, a parceria será boa para ambos.

Por fim, destacar brevemente como a persona pode escolher as estratégias certas de marketing de varejo de acordo com as particularidades do seu negócio e as consequências de não se preocupar com essa questão.

Como você viu, o marketing de varejo oferece diversas possibilidades para a sua empresa inovar e se destacar da concorrência. A escolha da estratégia mais adequada vai depender das particularidades do seu negócio, dos seus objetivos e metas. O mais importante agora é se manter atualizado com as tendências para tomar as melhores decisões. Boa sorte!

Se você gostou do artigo, aproveite para ler também: Remarketing e retargeting: qual a diferença e como aplicá-los na empresa?

Cases de sucesso SimplusPowered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário