Cadastro de produtos: 6 dicas para fazê-lo de forma adequada

5 minutos para ler

Você está fazendo o cadastro de forma eficiente? Esse processo faz a diferença dentro de uma empresa, principalmente quando é preciso otimizar o processo logístico e evitar o desperdício de recursos.

O controle de estoque é fundamental para encontrar os produtos no sistema, mantê-los atualizados e ter certeza da entrada e a saída de mercadorias no estabelecimento. Para te ajudar nesse processo, compartilhamos 6 dicas. Confira!

1. Contrate um sistema e faça integração de dados

Além de garantir a qualidade das informações e imagens dos produtos, a Simplus é um sistema contribui com a eficiência das áreas fiscais, comerciais, logísticas, cadastrais e de marketing.

2. Padronize a descrição

Para realizar um bom cadastro automatizado de produtos é preciso seguir um padrão. Normalmente, ele é definido ao ter como base uma estrutura mercadológica que possa atender às necessidades específicas de cada empresa.

Uma dica para facilitar esse processo é cadastrar os produtos por níveis, informando todas particularidades, características e categorias.

Algumas informações são fundamentais:

  • peso;
  • embalagem;
  • sabor (se for aplicável);
  • código de barras;
  • fornecedores;
  • dados ficais.

Ao cadastrar um item, é preciso garantir que a descrição informada faça sentido e especifique exatamente todas as características relacionadas a ele. Por isso, os dados podem variar conforme a categoria.

3. Estruture os processos logísticos

Estruturar os processos logísticos com eficiência é importante, pois é comum acontecerem problemas com compras em função de informações que foram mal organizadas. Por esse motivo, o responsável deve realizar o cadastro de produtos e registrar os dias de giro conforme o aumento das vendas realizadas.

Esta é uma boa estratégia para evitar que rupturas. Isso porque o próprio sistema poderá fazer sugestões em relação à quantidade de itens que precisarão ser comprados.

Outro ponto fundamental é fazer o acompanhamento dos fornecedores relacionados aos produtos cadastrados. Dessa maneira, quando um pedido for feito, o gestor ganhará mais agilidade no uso do sistema, pois só precisará informar quais itens estão associados à qual fornecedor.

4. Faça a separação por categorias e palavras-chave

Outra forma de otimizar o cadastro automatizado de produtos é fazer a separação de cada item por categoria. Para realizar essa tarefa, é preciso escolher a maneira mais adequada de separá-los.

Considere a possibilidade da inclusão de subcategorias, porém, mais importante que o nome dado a elas, é a compreensão do conceito adotado. Assim, é possível fazer uma classificação que abranja desde os grupos mais analíticos até os mais sintéticos.

Um ponto que precisa de bastante atenção neste tópico é que a separação feita por categorias não tem relação direta com a marca do produto, mas sim com a natureza e as características de cada item. Uma solução é incluir palavras-chave no cadastro para que seja mais fácil localizar os itens quando for preciso.

5. Utilize o código de barras

Ao realizar o cadastro de novos produtos ou atualizar a lista dos que já existem no estoque, utilizar o código de barras facilitará o trabalho. Isso porque, com a sua utilização, é possível evitar problemas no controle de entrada e de saída das mercadorias. Além disso, oferece mais praticidade, pois evita que o cliente tenha que esperar por um produto que não tenha sido reconhecido pelo sistema no momento da venda.

O uso do código de barras também auxilia nos processos de gestão interna, principalmente no esclarecimento de qualquer dúvida acerca de um produto. Por meio dele, é possível saber o preço de custo ou o fabricante da mercadoria, por exemplo, já que todas as informações relevantes estarão integradas a um sistema.

6. Conte com plataformas que facilitam o cadastro

Realize o cadastro por meio de platafomas como a Simplus, tecnologia que tem impulsado a transformação digital para facilitar esse processo na indústria.

Contar com uma plataforma que facilite o cadastro de produtos oferece diversos benefícios. Entre eles, é possível citar o armazenamento dos dados em nuvem — o que significa que podem ser acessados de qualquer lugar — e a automação da organização das informações. Com toda essa facilidade em relação à automação dos processos, não faz sentido se limitar a métodos que já estão ultrapassados.

Essa integração permite ainda mais facilidades, como a importação dos arquivos de nota fiscal de entrada dos produtos no formato XML e o envio automático desses itens para o e-commerce. Esse processo dispensa a necessidade de recadastros e otimiza a gestão de tempo nos processos logísticos.

Como você pôde perceber, fazer o cadastro de produtos de forma correta não é difícil e é extremamente importante para o funcionamento da empresa. Para que essa tarefa seja feita de modo eficiente, é preciso contar com a ajuda de uma empresa especializada, que realize o serviço uma única vez e distribua as informações para todos com consistência, padronização e acuracidade.

Quer saber como isso é possível? Então, entre em contato conosco agora mesmo e conheça todas as soluções da Simplus!

Cases de sucesso SimplusPowered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário